Enriquecimento ambiental: uma necessidade para os gatos

Embora os gatos estejam presentes no nosso convívio familiar há centenas de anos, eles podem ser considerados menos domesticados que os cães, por exemplo. Isso faz com que nem sempre se sintam a vontade vivendo em nossa casa ou apartamento, ficando muitas vezes estressados e, até mesmo, mais propensos ao desenvolvimento de doenças.

Os gatos que não têm acesso à rua estão protegidos contra muitas doenças e fatores que podem colocar sua vida em risco, como brigas e atropelamentos. Mas, muitas vezes, passam o dia inteiro sozinhos em casa. Para minimizar o estresse destes pets, existe uma forma de criar distrações para eles, chamada de enriquecimento ambiental. O enriquecimento ambiental tem o objetivo de tornar o ambiente mais natural aos felinos, diminuindo sua propensão ao estresse desnecessário e melhorando sua qualidade de vida.

Casa-de-gatos-gateiro-2

Existem algumas formas de promover isso na sua própria casa:

  • Estantes ou suportes no alto: gatos amam ver a vida de cima e se sentem muito mais seguros quando podem ficar no alto. Por isso, estantes em que eles possam subir com segurança, ou até mesmo suportes específicos para felinos são ideais, principalmente perto da janela, onde podem ver o movimento da rua.
  • Arranhadores: são muito importantes para os gatos, principalmente para alívio do estresse. Não se esqueça de ter um destes em casa, ou poderá correr o risco de encontrar seu sofá ou sua cama com algumas arranhadas.
  • Esconderijos: são lugares onde os felinos possam se esconder, caso se sintam ameaçados por uma visita, por exemplo. Caixas e caminhas com “buracos” são ótimas formas para isso. Lembre-se: você pode até ver o gato, mas se ele não te ver, já se sente muito mais protegido.
  • Enriquecimento sensorial: sua voz ou uma televisão ligada são formas de fazer com que ele não se sinta sozinho em casa. Outra dica muito interessante, são os liberadores de feromônios, como Feliway, que ajuda o gato a se sentir mais à vontade em sua casa ou no ambiente em que ele está.
  • Brinquedos: alguns brinquedos foram desenvolvidos especialmente para felinos. Um deles, é uma caixinha ou bolinha onde você coloca a ração dentro, e que possui um orifício para que ela saia de pouquinho em pouquinho, estimulando o gato a brincar com ele para conseguir a comida.
  • Fontes e alimentação: gatos gostam de beber água corrente, por isso existem fontes próprias para eles, estimulando-os a beber mais água e diminuindo a predisposição à doenças do trato urinário. Quanto mais fontes e potes de comida espalhados pela casa, melhor!
  • Caixa de areia: a regra para a caixa de areia é: ter sempre uma caixa a mais, independente do número de gatos. Se você tem um gato, tenha duas caixas. Se tem dois gatos, tenha três caixas espalhadas pela casa.

Estas são apenas algumas formas para que seu amigo não fique estressado em sua casa ou apartamento. Alguns sinais como urinar em local indevido, não urinar, miados constantes, arranhar móveis, passar muito tempo escondido podem dizer que alguma coisa está errada.

Em casos de dúvida, a Clinivet possui um serviço específico de Comportamento Animal, que poderá lhe ajudar quando você necessitar. Pode sempre contar com a gente!

 

Posts recomendados

Deixe um comentário